Voltar para busca
x

Fale com a gente

Geral (62) 3541-0000

Vendas (62) 98434-4921

Aluguel (62) 98239-4473

Imóvel comercial valoriza 8,2% em Goiânia

Postado em 24 abril 2018

A escassez de áreas em setores mais centralizados e nobres, aliada aos investimentos em tecnologia dos prédios, continua impulsionando os preços de empreendimentos comerciais em Goiânia.

Do ano passado para cá, o metro quadrado subiu 8,28% e chegou a R$ 5.927,32, considerando o valor médio de todos os 14 lançamentos comerciais pesquisados pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci-GO) em agosto. A valorização ocorrida em um ano foi superior aos índices de inflação (5,84%) e de custo da construção (7,42%).
Mais uma vez, os setores Oeste e Jardim Goiás aparecem com os custos imobiliários mais elevados – cujos valores do m² são de R$ 6.791,07 e R$ 6.275,18, respectivamente (veja outros bairros no quadro). “A tendência é de que, nesses locais, os valores aumentem ainda mais, já que os terrenos vão ficando mais escassos e mais caros. Além disso, os empreendimentos estão cada vez mais sofisticados, com tecnologia de ponta, monitoramento e sistemas que agregam valor ao imóvel”, afirma o presidente do Creci-GO, Oscar Hugo Monteiro Guimarães.
Migração
A falta de áreas disponíveis também é um dos motivos para a migração de empreendimentos comerciais rumo à região Sudoeste da capital. Conforme a pesquisa, 85% das 4.506 novas salas e lojas lançadas do ano passado para cá estão em setores como Sudoeste, Eldorado e outros locais alternativos, como na saída para Rio Verde e para Aragoiânia, explica Oscar Hugo. Entre os lançamentos, 92% (ou 4.165) são salas comerciais, das quais 963 ainda estão disponíveis para comercialização. Em contrapartida, apenas 8% (341) das unidades lançadas são lojas, com 18 pontos disponíveis atualmente. Por essa razão e também por estarem localizadas numa posição mais estratégica, no térreo, as lojas são mais valorizadas – o custo médio é de R$ 7.492,32 o metro quadrado, contra R$ 5.368,46 das salas. O diretor da CMO Construtora, Marcelo Moreira, que lançou um dos primeiros empreendimentos comerciais do Bairro Eldorado, diz que, além da falta de áreas centrais, a empresa escolheu a região para a construção do Plaza D’Oro Office de olho numa demanda local de moradores. “Hoje, existe uma população residencial muito forte na região. Cerca de 10 mil pessoas moram no Eldorado e no Granville, sem falar no entorno. Nosso objetivo era dar uma opção para quem queria fugir do trânsito e trabalhar perto de casa. Por isso foi um sucesso de vendas”, ressalta. Estratégia semelhante, de alcançar um público que almeja ter trabalho próximo de casa, foi adotada pela City Soluções Urbanas, em parceria com a FR Incorporadora e a Oliveira Melo Construtora, para lançar o empreendimento comercial Buena Vista Office Design, no alto do Setor Bueno. “Escolhe- mos o Bueno por ser o bairro mais adensado da capital e ter uma carência de empreendimentos comerciais”, ressalta João Gabriel Tomé, incorporador responsável.
ESTABILIZAÇÃO
Mesmo com o aumento de 8,28% no valor do metro quadrado comercial de agosto de 2011 para agosto de 2012, a valorização em Goiânia começa a desacelerar, destaca o presidente do Creci. “Em anos anteriores, o metro quadrado chegou a encarecer cinco, seis, até oito pontos porcentuais acima da inflação anual. Nesta pesquisa, vimos um crescimento menor do que 3% acima da inflação. É a tendência natural de mercado. Os preços sobem até certo ponto, depois, tendem a acomodar”, frisa.
Fonte: Jornal O Popular, Goiânia 07/11/2012
Preço médio do m² de apartamentos em Goiânia

Valor do m² de apartamentos em Goiânia chegou a R$ 4,6 mil no...

CONTINUE LENDO
Investimento Imobiliário: comprar ou alugar apartamento em Goiânia

Investir em imóveis sempre foi uma alternativa segura e rentável para os brasileiros,...

CONTINUE LENDO
Imóveis em Goiânia: a realidade diferenciada de Goiânia

Os imóveis em Goiânia são considerados um caso especial na realidade imobiliária nacional...

CONTINUE LENDO
Endereço
Av. 136, esq. c/ 1137, n.o 638
St. Marista, Goiânia, Goiás.

CRECI J10090
Contato
Brazil (62) 3541-0000
Boston (617) 275-4743
Miami (786) 600-1416
Londres (020) 3286-5650