Investt Imóveis 62 32541-0000
  • (786) 600-1416 Boston (617) 275-4743
  • (786) 600-1416 Miami (786) 600-1416
  • (786) 600-1416 Londres (020) 3286-5650

FALE COM A GENTE!

(62) 3541-0000

  • Venda: 62 8434-4921

    Aluguel: 62 8239-4473

    Onde gostaria de viver?

    Diga-nos o que procura. Nós encontramos!

  • Onde gostaria de morar?

    Diga-nos o que procura.  Nós encontramos!

  • Quer alugar um imóvel?

    ADMINISTRAÇÃO ÁGIL E RESPONSÁVEL

NOTÍCIAS

Aluguel sobe menos que o IGP-M

25/07/2012

O mercado de aluguéis vive um período mais favorável aos inquilinos em Goiânia. No mês passado, o reajuste médio dos contratos na capital foi de 4,29%, três vezes menos que o índice médio de 12,95% registrado no mesmo período do ano passado. A principal razão foi o aumento da oferta de imóveis para locação no mercado, com a entrega de vários empreendimentos e o fato de muita gente estar deixando o aluguel e indo para a casa própria.

De acordo com a Pesquisa de Aluguéis de Imóveis em Goiânia, divulgada pelo Sindicato da Habitação (Secovi Goiás), em junho de 2011 os reajustes ficaram bem acima do IGP-M acumulado de 8,65%. Em junho deste ano, aconteceu justamente o inverso: o reajuste médio de 4,29% ficou abaixo do IGP-M de 5,14% nos últimos 12 meses.
A principal explicação está na maior oferta de imóveis no mercado local. Enquanto o número de unidades ofertadas aumentou de 1.919 para 2.008 no período, a velocidade de locação foi reduzida e o número de contratos fechados caiu de 375 para 314.
NEGOCIAÇÃO
A gerente de Aluguel da Bambuí Negócios Imobiliários, Khamilla Rodrigues Freitas, informa que o reajuste menor facilitou o processo de negociação entre inquilinos e proprietários. “No ano passado, tivemos muitos questionamentos e mais negociação em busca de índices menores”, lembra. Este ano, foram os proprietários que procuraram mais a imobiliária em busca de explicações para o baixo índice de reajuste.
Khamilla lembra que, no ano passado, a procura estava maior e havia mais locações. Hoje, a procura continua, mas a oferta aumentou nos últimos meses, depois da entrega de vários empreendimentos. Segundo ela, imóveis novos em regiões mais valorizadas, como os setores Bueno e Oeste, continuam com uma boa velocidade de locação. A demora maior é para imóveis de alto padrão e comerciais.
A gerente de Aluguel da Líder Imobiliária, Joana Maira de Jesus, concorda que houve um aumento da oferta de imóveis no mercado com a entrega de novos empreendimentos que estavam em construção. Mas ela também atribui esse fator ao aumento da renda das classes mais baixas e aos programas habitacionais, como o Minha Casa, Minha Vida. “Essas pessoas estão conseguindo sair do aluguel e indo para a casa própria, o que aumenta a oferta para locação.”
O resultado é que os inquilinos estão conseguindo negociar reajustes menores. Hoje, os locadores estão mais preocupados em não perder o inquilino”, diz Joana. Ela lembra que a imobiliária hoje tem mais imóveis disponíveis para locação que no ano passado.
O gestor comercial Roger Cavalcante ficou satisfeito com a negociação de seu contrato de aluguel residencial, que passou de R$ 400 para R$ 420, um aumento anual de apenas R$ 20 para um apartamento de um quarto no Setor Sul. “Foi um reajuste justo, que não chegou a pesar no meu orçamento”, avalia.
A corretora do Departamento de Aluguéis da Barreto Imóveis, Amanda Silva, conta que os reajustes têm acompanhado o IGP-M na média, o que está facilitando as renovações e evitando as rescisões de contratos vigentes.
Mas o diretor de Aluguel da Pólo Imóveis, Leandro Batista, acredita que o IGP-M deve voltar a subir nos próximos meses, o que vem acontecendo desde março, quando o índice usado para o reajuste dos aluguéis estava em 3,23%. Além disso, ele diz que o movimento de locações continua forte na capital. “A procura, que havia desacelerado um pouco no início do segundo trimestre, já voltou a crescer. Tudo é uma questão de oferta e procura”, conta.

Fonte: Jornal O Popular, Lúcia Monteiro, Goiânia 25/07/2012
VOLTAR
Rua 136, esq. c/ 1137, Setor Marista, Goiânia/Goiás

Av. 136, esq. c/ 1137, n.o 638, St. Marista, Goiânia, Goiás.

CRECI , j10090

Goiânia + 55 62 3541 0000

Goiânia + 55 62 3541 0000

Miami (786) 600-1416

Miami (786) 600-1416

Miami (786) 600-1416

Miami (786) 600-1416

Todos os valores e disponibilidades estão sujeitos a alterações sem aviso prévio - Trabalhamos em parceria com todas construtoras, corretores e imobiliarias de Goiânia

Voltar para topo